+258 21 304580 | +258 84 300 9292 Seg - Sex 08:00 - 17:00 Av 25 de Setembro Prédio Cardoso 3º andar D - Maputo
info@ccmp.org.mz

JANTARES

5º Edição do Jantar.com

Jantar.com

A CCMP realizou no passado dia 12 de Março de 2019, a 5ª Edição do Jantar.com, subordinado ao tema, Fontes de Financiamento, onde foram apresentados dois instrumentos de financiamento da economia, nomeadamente:
1. Compacto Lusófono e outros Instrumentos de Financiamento do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) para as empresas pelo Dr. Pietro Toigo.
2. Compacto Lusófono e Implementação SOFID e Investmoz, pela Dra. Marta Mariz.
Estes instrumentos estão focados nas empresas e nas suas necessidades de investimento e financiamento, o jantar foi um momento de apresentação e debate de instrumentos de financiamento e de capital úteis para às empresas.
Para além da apresentação de novos instrumentos financeiros para a economia, os Governos de Moçambique, de Portugal e o BAD, assinaram um Memorando de Entendimento (MdE), denominado Compacto Lusófono específico para Moçambique, o primeiro Compacto Nacional assinado no âmbito desta iniciativa. Trata-se de uma plataforma de apoio financeiro, mitigação de riscos e assistência técnica ao sector privado, visando acelerar o crescimento inclusivo, sustentável e diversificado do tecido empresarial nos Países de Língua Oficial Portuguesa do Continente Africano (PALOPs).
De entre os critérios de selecção de projectos para financiamento, o Compacto Lusófono estabelece o cumprimento de condicionantes, como:
(i) alinhamento com os sectores prioritários do BAD (high Five) e aos respectivos Planos de Desenvolvimento Nacional;
(ii) potencial “triangular”, ou seja, envolver o projecto anfitrião a pelo menos outros dois países do Compacto (BAD, Portugal ou outro PALOP);
e (iii) esteja orientado para os sectores de energias renováveis, cadeias de valor do agro-negócio, água e saneamento, infraestruturas, turismo, e telecomunicações e informática.
Estiveram presentes na cerimónia de assinatura do Memorando de Entendimento (MdE) mais de 200 participantes dentre membros dos Governos de Moçambique e Portugal, representantes do sector privado de Moçambique e de outros países lusófonos, para além de parceiros multilaterais, doadores e outros intervenientes no processo de dinamização do desenvolvimento do País.
Rubricaram o Ministério da Economia e Finanças, representado pelo Adriano Maleiane, a Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Portugal, Teresa Ribeiro e o Vice-Presidente de Serviços Corporativos e Recursos Humanos do BAD, Mateus Magala.
Para a Câmara, este evento contribuiu para aumentar a sua rentabilidade financeira com um encaixe de 1.046.500,00MT (Um milhão de quarenta e seis mil e quinhentos Meticais), dos quais cerca de 33% correspondem ao proveito que a Câmara obteve depois de suportar todos os custos.